domingo, 4 de dezembro de 2016

Godzilla de Stephen Molstad

Godzilla - O livro sobre o 1998 film de Stephen Molstad - Comprei esse livro pelo Estante Virtual porque, embora eu não colecione brinquedos/bonecos de Godzilla, compenso comprando livros sobre o assunto. Ao começar a ler, estava esperando que houvesse algo no texto que não apareceu no filme, ou por ter sido editado ou porque o roteiro foi alterado de alguma forma depois do Molstad começar o trabalho. O livro em si é uma adequada tradução do roteiro para prosa e não tem nada que destacou no estilo de escrever do Sr. Molstad. Mas queria fazer três observações sobre esta versão:

1. O Nick Tatopoulos deste livro parece menos como a interpretação de Matthew Broderick e mais como o personagem teria sido se Jeff Goldblum tivesse aceitado o papel: arrogante, cético e um crente em teorias de conspiração.

2. Dra. Elsie Chapman, a paleotóloga que era a chefe do Nick no projeto Gojira, parece uma fantasia masculina. A maneira que ela foi descrita, achei que o Molstad havia vindo do futuro e usou Christina Hendricks ou Scarlett Johansson circa 2012 como modelo...ou talvez a Angie Everhardt ou Julianne Moore. Se não fosse pelo personagem de Audrey, esta Elsie com certeza teria levado a Nick à cama no final do livro.

3. Dr. Mendel Craven, o terceiro cientista da equipe técnica do Projeto Gojira. No filme, o seu personagem não serve para birosca nenhuma. O livro fornece um histórico para o personagem, informando-nos que ele é um cientista conhecido por escrever uma série de livros sobre o fim de mundo que como cada cenário iria se realizar. Assim aprendemos mais sobre ele do que no filme, mas mesmo assim, isso não explica porque o exército teria interesse nele como membro da equipe. Então, no epílogo, aprendemos que ele pretende publicar um livro sobre a possibilidade de outro ninho de Godzilla, e que pretende chamar o livro de "Cretaceous Park*, ou algo assim." Isso implica que Craven foi criado como uma paródia de Michael Crichton, embora esse fato se perde completamente no filme. Isso significa que o filme poderia ser interpretado com uma reação ou paródia dos dois primeiros filmes de [b]Jurassic Park[/b], que seria uma abordagem interessante, embora Emmerich não possuía o talento para realizar essa ideia adequadamente.


* - O título do livro do Craven não faz sentido nem no contexto do livro, pois ele foi um oponente da teoria da Dra. Chapman de que o Godzilla era um alossauro gigante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário