sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Return of Godzilla - A Era das Trevas Pt. 4

Return of Godzilla (roteiro #1)



The Return of Godzilla (trad. O Retorno do Godzilla) foi uma trama escrita por Akira Murao ao pedido do produtor Tomoyuki Tanaka, que desejou ressuscitar o Godzilla como o símbolo hediondo dos perigos da energia nuclear depois de uma década como um personagem infantil. Assim ele achou que poderia atingir mais pessoas e estabelecer o seu lugar na cultura popular novamente.

A roteiro introduz um novo monstro na forma de Bagan, qual monstro apareceu em alguns outros projetos não realizados, inclusive um filme em que lutaria com a Mothra. Bagan acabou aparecendo como o chefe final do jogo do Super Nintendo Super Godzilla, mas não apareceu em filme nenhum até hoje*.

No filme, Bagan aparece como um monstro que muda de forma (Murao conceituou três formas--uma terrestre, uma submarina e uma aérea) que ameaça a terra. Godzilla, semelhante à sua encarnação da década de 70, aparece para salvar o mundo de Bagan. No começo, o Godzilla não consegue derrotar o Bagan, pois é capaz de regenerar feito o Wolverine dos X-Men. Finalmente o Godzilla atinge o seu poder máximo ao destruir uma usina nuclear e é capaz de destruir o seu oponente.

Depois da sua vitória, o Godzilla começa a destruir o Japão, mas é derrotado por um cientista que constrói uma super-arma nuclear a partir de um novo elemento chamado "Reicônio." Na última cena do filme, Godzilla iria ressuscitar e o tema do filme seria: enquanto há energia nuclear na terra, o Godzilla sempre existirá.

Bibliografia:

Ghee, Jay and Steve Ryfle. "Begin the Bagan." Japan's Favorite Mon-Star: The Unauthorized Biography of "The Big G". ECW Press, 1998.


* - Houve um filme feito por um jovem fã, Omar Sayyah, nos anos 90 chamado Godzilla vs. Bagan. Eu mesmo recebi uma cópia do filme, o que foi bastante interessante. Foi filmado na floresta perto da casa do Omar, na fábrica de ração de animal onde trabalhava, na sua casa, e na casa dos seus amigos também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário